[RESENHA] Ela Foi Até o Fim - Meg Cabot

FICHA TÉCNICA
Nome: She Went All the Way (Ela Foi Até o Fim)
Autor(a): Meg Cabot
Editora: Galera Record
País: EUA
Lançamento: Dezembro de 2002 (EUA) | 7 de abril de 2010 (Brasil)

Gênero: Romance, Aventura, Comédia
Páginas: 400

Adicione: Skoob

Compre: Amazon | Saraiva | Livraria Cultura (indisponível)



SINOPSE: "Uma roteirista de sucesso que já contribuiu para vários filmes de ação que renderam milhões de bilheteria - ela até ganhou um Oscar! O problema é que seu namorado, o grande astro do filme, resolveu trocá-la pela estrela principal! O que ela não esperava é que esse "tudo" significasse atentados contra a sua vida e sobreviver numa montanha congelada com o homem que mais odeia na face da Terra como único companheiro... Será que ela vai sobreviver a esta aventura? E será que, no final, encontrará o amor verdadeiro?" 


 Ela Foi Até o Fim foi um dos meus primeiros contatos com a literatura young adult. Eu, linda e bela nos meus 12, 13 anos, que queria ler todos os livros já publicados pela Meg Cabot, encontrei este na biblioteca e resolvi ler, sem saber do que se tratava nem nada. Naquela época, algumas cenas mais "picantes" (que hoje já não são nada - comparado aos romances atuais), me deixava de queixo caído...

 Lou, a protagonista, é uma roteirista bem sucedida que vê seu mundo parar após ser deixada pelo seu namorado de longa data (o protagonista do filme que ela roteirizou) para ficar com a atriz principal do mesmo longa. Mesmo abalada, Lou tenta provar pra todos que está bem, e que vai dar a volta por cima.
 Durante as gravações de um de seus maiores filmes de sucesso, Lou terá que viajar com o ator principal desse filme, Jack Townsend, que a propósito, ela odeia (e o ódio parece ser recíproco). As coisas não poderiam ficar piores até que o piloto do helicóptero onde Jack e Lou estavam tenta assassinar os dois, fazendo com que eles caiam do céu bem no meio do Alasca.
 Enquanto tentam sobreviver as constantes nevascas, e encontrar respostas para a repentina perseguição em que se encontram, Jack e Lou começam a notar coisas um no outro que antes lhe passavam despercebidos, e a quando menos se espera, os dois se veem numa química impossível de ignorar.

 Embora eu não goste desta colocação, o livro é classificado como gênero chick-lit, e dentro deste, temos o sub gênero mistery-lit, que é meio como os livros com temática thriller tem. O objetivo desse livro não é resolver o quebra-cabeça, então podemos dizer que ele é bem previsível. Não é pra ser um livro que te faz ficar acordado a noite pensando no que acontece na próxima página, mas não significa que a tensão e o mistério não estejam presentes lá.

 A leitura é leve, perfeita pra quem está entrando na adolescência presentear os sobrinhos e tal, e com algumas tiradas mais adultas. Não tem como não gostar de um livro escrito pela Meg, porque ela sempre sabe o que escrever e como te cativar, não importa o tema abordado.


Classificação:

You Might Also Like

16 comentários

  1. Juro que não conhecia esse título da Meg Cabot e achei bem diferente, fiquei bem interessada em ler, ainda mais pelas cenas picantes (brincadeira! hahaha). Adorei a resenha!

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você procura por algo BEM mais picante da parte dela, sugiro que leia "Mordida" ou os livros que ela assinou como Patrícia Cabot kkkkkkkkkkkkkkkkkk porque esse comparado aos outros é bem fraquinho. Mas não deixa de ser bom!

      Excluir
  2. Oi, tudo bem? Os livros da Meg são realmente incríveis. O jeito dela escrever nos cativa desde o início. Esse livro ainda não conhecia mas gostei bastante do enredo. Ah, não lembro de ter lido nenhum livro com cenas picantes rs Meu gênero favorito é suspense. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro a Meg, uma das minhas autoras favoritas! Realmente ela não tem muito essa pegada de livros adultos, mas ela possui alguns títulos mais calientes... Confesso que suspense não é meu gênero favorito mas estou lendo um garota e vamos ver como me saio haha

      Excluir
  3. Oie tudo ben? Ja faz um tempo eu descobrir essa escritora, e amo seus livros, parabéns pela sua resenha ficou muito boa. Sucesso, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim. Ela é maravilhosa. Minha meta de vida é ler todos os livros que ela publicou haha

      Excluir
  4. Oie .Tudo bem?
    Eu comecei ler esse livro logo depois de ter lido a série completa de "O diario da princesa"e quando percebi que a linha era super diferente da série da princesa Mia acabei abandonando 😞
    Confesso que não tenho muita vontade de tentar ler de novo

    Beijos
    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, poxa... Sei que é meio decepcionante quando o livro nao atinge suas expectativas, mas acho que você devia dar mais uma chance pra ele. As vezes com a cabeça diferente a gente tem outra ideia né?

      Excluir
  5. Juro que não conheço essa autora, fui até pesquisar no google ali (rapidinho) para saber quem era e descobri que é a autora do livro-filme 'diário da princesa' que tem no elenco uma das minhas atrizes favoritas. Mas não li o livro e não vi o filme. rs

    Mas foi bom porque acabei por ler uma entrevista da autora sobre como planejou um dos livros. Adoro conhecer os bastidores de um livro.
    Anotei o título e foi procurar pelo livro para conhecer o estilo da autora.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ela mesma!! Uma curiosidade: ela até deu um pequeno "shade" no quarto volume de O Diário da Princesa porque o filme (mais o segundo, especificamente) muda totalmente a história do livro e acho que ela não curtiu muito kkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Mas ela é uma autora muito versátil, escreve de tudo!!

      Excluir
  6. Já tinha ouvido falar sobre esta autora, mas ainda não li nenhum de seus livros porém após sua resenha fiquei curiosa em conhecer mais sobre ela e sobre o livro deve ser intrigante quando os personagens se percebem e começam a mudar seu ponto de vista um sobre o outro gostei beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meninaaaa como assim você nunca leu nada da Meg??? Essa mulher tem livro pra caramba hahahahahahah Recomendo todas as obras dela, sério!! Você não vai se arrepender, jurooooooo

      Beijos, e obrigada pela visita <3

      Excluir
  7. Oi Bruna! Não me julgue, ainda não li nada da Meg Cabot! ahahah
    Esse livro parece ser uma leitura super leve, do tipo que lemos rapidinho e deve ser ótimo para sair de uma ressaca literária! ehe
    Adorei a resenha, quando tiver a oportunidade, vou ler algo da autora! :)
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente eu juro que estou indignada com as pessoas que não conhecem nada da Meg hahahahahahahahahahah essa mulher é dona da New York Times quando publica algo hahaha
      Mas entendo, quando não é mt do seu gênero é normal que não conheça...
      Sim sim... ela tem livros pra todos os gostos. Livros pra morrer de amores, livros pra curar ressaca... Adoro isso dela, porque nenhum livro dela me enjoa, sabe?

      Obrigada pela visita <3

      Excluir
  8. Menina, eu tenho esse livro aqui no meu kindle, mas ainda não li. Como você disse, a Meg Cabot sabe o que faz e não tem como um livro dela ser ruim! hahaha
    Eu praticamente já li todos os livros dela! Espero ler esse em breve!

    Um beijo!
    www.negavaidosa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahha sim, essa mulher é uma inspiração pra mim! Não tem livro ruim dela, meu Deus, como consegue?

      Leia sim, é uma leitura muito gostosa!!

      Beijos, e obrigada pela visita!

      Excluir